CONTATO

© 2019 por Dra Kelly Pontes. Orgulhosamente criado com Wix.com

Membrana amniótica bovina, preservada em glicerina, na reparação da córnea após ressecção de tumor dermoide em um cão – relato de caso

 

Um cão da raça shih tzu, apresentando tecido pigmentado com presença de pelos na córnea direita foi atendido em um hospital-escola. O exame oftálmico levou ao diagnóstico de tumor dermoide que acometia a córnea. O paciente foi submetido a ceratectomia superficial e ceratoplastia lamelar com utilização de membrana amniótica bovina preservada em glicerina 99%. Após quinze dias da cirurgia, foi observada a presença de tecido de granulação, vascularização, edema corneal e incorporação da membrana à córnea. Após 39 dias, a córnea apresentou moderada opacidade, e aos 74 dias da cirurgia ela havia diminuído significativamente, adquirindo assim uma satisfatória transparência corneal, o que denota um resultado positivo. De acordo com o resultado obtido, conclui-se que a membrana amniótica bovina, utilizada nas condições descritas, foi eficaz na reconstrução corneal, após ceratectomia superficial para remoção de tumor dermoide corneano, pois sua utilização permitiu tanto a reparação da córnea como um resultado estético satisfatório.

Unitermos: cirurgia, oftalmologia veterinária, membrana biológica

Referência: RIOS, P. B. S.; Pontes, K.C.S.; Borges, A.P.B.; SILVA, et al. Membrana amniótica bovina, preservada em glicerina, na reparação da córnea após ressecção de tumor dermoide em um cão - Relato de caso. Clínica Veterinária (São Paulo). , v.XIX, p.58 - 66, 2014.